top of page

Estamos no inverno, que tal iniciar o seu pomar no vaso ou no solo?

Chegamos em pleno inverno, época para iniciar o tão sonhado pomar de limoeiros, laranjeiras, macieiras ou até pessegueiros, e ter todas essas frutas de forma orgânica sem agrotóxico na sua casa ou chácara ao alcance das mãos da sua família.


Em um pequeno quintal é possível cultivar muitas espécies de plantas frutíferas, de diferentes tamanhos e formas. Desde frutíferas de pequeno porte como o physalis, a framboesa e a amora, plantas de porte médio como a acerola e o mirtilo, plantas de porte mais elevado como as macieiras e as laranjeiras e até mangueiras que sem bem manejadas com podas regulares podem ser mantidas em tamanho reduzido.


Muitas pessoas não sabem, mas é muito comum em algumas regiões o cultivo de frutíferas em vasos. Destaca-se nesse método de cultivo as plantas cítricas como os limoeiros que apresentam uma boa produção quando plantados em vaso, mesmo assim muitas outras espécies também podem ser cultivadas dessa forma. É possível encontrar na EsquinaVerde plantas já formadas com alguns anos, que se plantadas em vaso

s adequados quanto ao tamanho e com uma terra de boa qualidade já apresentarão uma boa produção. Mesmo mudas novas e pequenas, de maneira geral, já apresentam potencial para frutificação, pois em sua maioria são plantas enxertadas.


No inverno a maiorias das frutíferas da nossa região se encontram em dormência, algumas já sem folhas, sendo a melhor época para o plantio.


Aproveite e faça uma cova profunda com no mínimo 30x30x30cm, faça uma boa adubação de plantio, correção do pH do solo e não esqueça de adicionar também composto orgânico ou húmus de minhoca. Dessa forma o local que abrigará a nova muda estará com a terra bem fofa, arejada e rica em alimento.


Algumas dicas importantes no momento do plantio: colocar a muda enterrada na mesma altura em que se encontra no recipiente que você comprou; caso o local que irá plantar esteja desprotegido de ventos pode ser necessário que se coloque uma estaca para assegurar que a muda não tombe ou tenha ramos quebrados; irrigue bem após o plantio para assentar a terra no entorno das raízes.


Para aqueles que já fizeram o plantio há alguns anos, já estamos na época de apreciar suas belas floradas e muito em breve os suculentos e deliciosos frutos. Mas antes de desfrutar literalmente dessas maravilhas da natureza é importante tirar a tesoura de poda do armário e inspecionar suas arvores para verificar se não estão doentes e se necessitam de algum tratamento.


Com a tesoura de poda aproveite a queda das folhas para eliminar os ramos secos, doentios ou malformados. Algumas espécies de clima frio como o pessegueiro e a ameixeira requerem que se faça também uma poda de frutificação já a parreira e a figueira necessitam de podas drásticas nessa época do ano. Após realizadas as podas de limpeza, de formação e de floração é importante fazer uma adubação para fortalecer as floradas e proporcionar uma maior produção de frutos com qualidade.


Um dos principais tratamentos de inverno são com a utilização de produtos a base de cobre e enxofre como por exemplo a calda bordalesa e a calda sulfocálcica. Esses produtos têm ação contra fungos e também contra insetos que mesmo praticamente invisíveis a olho nu podem estar adormecidos no tronco das árvores.


Outra tarefa importante para árvores que estão na sombra é a retirada de liquens e musgos dos troncos das árvores. Com uma escova raspe o tronco até eliminação do musgo e na sequência aplique uma pasta bordalesa para curar a ferida causada pela atividade.


Entre em contato conosco pelo WhatsApp para maiores informações e para obter suas mudas e produtos para cuidar das suas plantas.




Eng. Agrônomo/Paisagista Anderson E. Zanatta

Comentarios


bottom of page